Problema auditivo tem solução, saúde auditiva

A audição desempenha um papel fundamental em nossas vidas, principalmente quando nos referimos a comunicação, a boa audição é responsável por nos fazer perceber os sons do ambiente e a fala.

 

Estimativas da Organização Mun­dial da Saúde calcula que 5% da população mundial sofre com perda de audição, afetando milhões de pessoas de todas as idades. O dado é preocupante, uma vez que, o fato de não se ter uma boa audi­ção pode acarretar em gran­des perdas sociais e psicológicas, como isolamento e depressão.

 

A principal atitude ao perceber a perda auditiva é procurar o médico otorrinolaringologista, para que o profissional possa diagnosticar de forma precisa o tratamento para cada paciente. Muitas vezes o problema do paciente pode ser resolvido através do uso de aparelhos auditivos.

 

No passado, o uso do aparelho auditivo causava constrangimentos em função do seu tamanho e  qualidade do som não muito boa, hoje, graças aos avanços tecnológi­cos esses problemas se tornam cada vez mais contornáveis; pois o design dos mesmos está cada vez menor, mais discreto e as tecnologias superam-se a cada ano.

 

Surpreendentemente, a maioria das pessoas convivem com a perda auditiva durante anos antes de procurar ajuda e muitas vezes se faz necessário que a família pressione para isso; já que interfere diretamente na qualidade de vida.

 

Nos dias de hoje, um número maior de pessoas buscam a solução para seus problemas mais cedo, quebrando os preconceitos de que a perda auditiva afetaria somente as pessoas da terceira idade.

 

O uso de um aparelho auditivo possibilita que as pessoas com perdas auditivas tenham as mesmas oportu­nidades de comunicação que pessoas com audição normal. “O uso do aparelho é extremamente importante, pois além de proporcionar uma melhor audição, estimula áreas corticais relacionadas à cognição, trabalhando a atenção, memória auditiva e compreensão”, ressalta Taciana.

 

TRADIÇÃO E CONFIANÇA

 

A fonoaudióloga Taciana Oliveira Bernal, é formada pela PUC-Campinas com aprimoramentos na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP e título de especialista em Audiologia, e se dedica exclusivamente à saú­de auditiva.

A profissional, que está àhá 30 anos à frente de uma das mais importantes empresas do setor de audição, a Widex Aparelhos Auditivos, recomenda:

 

Ao perceber alterações na audição, consulte o seu médico otorrinolaringologista,  uma vez constatada a perda auditiva e recomendado o uso do aparelho, o paciente deve procurar imediatamente o Centro Auditivo e realizar a consulta com a fonoaudióloga que irá indicar a melhor solução auditiva para ele. Segundo Taciana, após a escolha do aparelho o paciente passará por um período de adaptação, chamado de experiência domiciliar, para que sejam feitos todos os ajustes, e para que ele vivencie todos os benefícios do aparelho, até que paciente e aparelho entrem em sintonia per­feita e volte a usufruir a vida de forma plena.

 

Fonoaudióloga Taciana Oliveira Bernal

Whatsapp
Dúvidas? Fale Agora conosco